Minerthal

Minerthal desenvolve novo conceito de núcleos para sistemas de confinamentos em gado de corte

flexbeef-horizontal

Linha Flexbeef se destaca pela flexibilidade em disponibilizar diferentes tipos e doses de aditivos zootécnicos, mantendo o princípio da suplementação de precisão

A Minerthal, uma das mais tradicionais fabricantes de suplementos para bovinos com mais de 40 anos de história, lança no mercado a linha Flexbeef, composta por cinco núcleos para confinamentos, que se caracterizam pela flexibilidade para compor dietas com diferentes concentrações e tipos de aditivos zootécnicos, de acordo com a dieta desenvolvida, tipo de animais e a fase do confinamento.

“O objetivo dessa inovação é atingirmos o máximo desempenho zootécnico e financeiro em sistemas de confinamento, por meio da utilização de protocolos de aditivos, sempre com foco em eficiência no rendimento do ganho de carcaça”, destaca o gerente responsável pela área de confinamentos da Minerthal, Fred Cerqueira. “A ideia é aproveitarmos ao máximo o potencial produtivo dos animais e dos alimentos disponíveis, explorando os diferentes benefícios de cada aditivo zootécnico ou as associações disponíveis nos núcleos da linha Flexbeef”, complementa.

A linha Flexbeef destaca em sua composição o fornecimento de minerais essenciais em concentrações otimizadas quando os núcleos compõem 2% da ingestão diária de matéria-seca (MS) dos animais confinados (200g de consumo dos núcleos em 10 kg MS, por exemplo). Os benefícios dos aditivos presentes na linha vão desde o controle sobre distúrbios metabólicos (acidose, por exemplo), a manipulação da ingestão de matéria-seca e, consequentemente, dos nutrientes totais ingeridos por período de confinamento.

“Trabalhos científicos importantes relacionam o aumento da resposta imune dos animais ao consumo de levedura. Ou seja, podemos reduzir a mortalidade e morbidade fornecendo o Minerthal Flexbeef LEV para os animais. Isso é muito comum nos período de adaptação”, comenta o gerente técnico da Minerthal, Fernando José Schalch Júnior. Além da presença de levedura, a linha também conta com o Minerthal Flexbeef MD com inclusão de monensina sódica, Minerthal Flexbeef MAX com inclusão de virginiamicina e Minerthal Flexbeef EFIC com inclusão de salinomicina. “A possibilidade de flexibilização dos núcleos sempre foi almejada pelos nutricionistas de confinamentos. Poder escolher entre qual, quanto e quando utilizar cada aditivo sem prejudicar o consumo de minerais com praticidade abre um cenário fabuloso para aqueles que querem desenvolver dietas com maior eficiência alimentar, promover o aumento do rendimento do ganho em carcaça e, consequentemente, aumentar a produtividade e rentabilidade para os pecuaristas. Isso é um sonho que conseguimos operacionalizar!”, complementa o gerente técnico.

Todos os núcleos são apresentados em sacos de 30 kg. “A inovação dentro da pecuária é importante, principalmente quando aplicamos os conhecimentos gerados dentro de instituições de pesquisas sérias e comprometidas. A Minerthal sempre esteve e estará perto dessas instituições para disponibilizar as melhores ferramentas de suplementação para o mercado produtivo da carne. Nosso compromisso com segurança alimentar, suplementação de precisão e rentabilidade dos pecuaristas permite que a empresa continue na vanguarda do mercado de nutrição animal após mais de 40 anos de atuação”, destaca o diretor técnico e comercial da Minerthal, Sergio Carlo Franco Morgulis.

Sobre a Minerthal

A Minerthal Produtos Agropecuários, fundada em 1973, atua em âmbito nacional, levando ao mercado uma linha completa de produtos capaz de suprir as necessidades dos pecuaristas nos sistemas produtivos de pecuária de corte (cria, recria e/ou engorda e confinamento), pecuária de leite e indústrias ligadas à pecuária, em qualquer época do ano.

A qualidade dos produtos Minerthal é comprovada e o investimento em programas de certificação para as unidades produtivas é constante. A fábrica em Goiânia (GO) foi a primeira do Centro-Oeste a receber o Certificado do Sistema de Boas Práticas de Fabricação (BPF) para Estabelecimentos de Produtos para Alimentação Animal – Nível Avançado, em 2005. Em setembro de 2008, subiu mais um degrau com a certificação do nível HACCP (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle) do Programa Feed & Food Safety – Gestão do Alimento Seguro, exigido pelo mercado internacional e regulamentado pelo Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal (Sindirações).

A Minerthal foi pioneira no desenvolvimento do conceito de suplementação de precisão, que leva em consideração os diversos fatores que podem influenciar as exigências nutricionais dos bovinos e permite fechar a conta da equação: resultado (meta de desempenho do animal) X categoria animal X qualidade das forragens/alimentos disponíveis. Entendendo como isso funciona, é possível fornecer nutrientes de qualidade em quantidades ideais, durante todo o ano em qualquer sistema de produção, atingindo metas de produtividade estabelecidas.

Posted in: Releases

Leave a Comment: (0) →