Minerthal

O mercado de suplementos para bovinos no ano de 2009 e o que esperar de 2010

* Sergio Carlo Franco Morgulis

Apesar da queda nos preços dos suplementos em decorrência da diminuição do preço do fosfato bicálcico e do aumento da disputa do mercado pelos fabricantes de suplementos, principalmente no 2º semestre, o mercado de suplementos para bovinos diminuiu 7%, segundo estimativas da ASBRAM considerando dados de janeiro a outubro de 2009.

Esse resultado se deve a uma soma de fatores, que desenharam o cenário do mercado em 2009. Os fazendeiros consumiram os estoques de suplementos e a passaram a comprar menores quantidades em decorrência da constante queda dos preços dos suplementos que ocorreram durante este ano.

Foi um ano de muita chuva, inclusive durante o período da seca, o que resultou em um menor consumo de suplementos com uréia, suplementos protéicos e suplementos protéicos energéticos.

Ocorreu também uma diminuição no número de animais confinados, o que consequentemente diminuiu o consumo de núcleos minerais para essa finalidade.

O preço da arroba do bezerro em queda e a instabilidade econômica no setor frigorífico diminuíram a vontade do pecuarista de investir na suplementação do rebanho.

Diante do que ocorreu em 2009, o que esperamos para 2010?

É importante ressaltar que a relação de troca, ou seja, a quantidade de sacos de suplementos comprados com a venda de um bezerro ou de um boi gordo melhorou, quando comparamos com os valores históricos.

Para se ter uma ideia, se usarmos o índice @/M 90 (a), que significa o número de sacos comprados de um suplemento mineral com 90 g de fósforo com a venda de uma arroba (referência São Paulo), vemos que em dezembro de 2008, essa relação era de 1,87. Essa mesma relação em dezembro de 2009 é de 2,85.

Se definirmos o índice @/M 90 (b) para indicar número de sacos comprados de um suplemento mineral com 90 g de fósforo com a venda de um bezerro macho (referência São Paulo), vemos que em dezembro de 2008 a relação era de 14,94, enquanto que em dezembro de 2009 é de 23,11.

A tabela abaixo ajuda a visualizar um comparativo histórico dos valores de troca nos últimos anos:

@/M 90 (a) @/M 90 (b)
dez/06 2,30 15,77
dez/07 3,03 18,84
dez/08 1,87 14,94
dez/09 2,85 23,11

(a) Número de sacos comprados de um suplemento mineral com 90 g de fósforo com a venda de uma arroba. (Referência São Paulo)
(b) Número de sacos comprados de um suplemento mineral com 90 g de fósforo com a venda de um bezerro macho. (Referência São Paulo)

Diante dessa relação de troca mais favorável, pode-se acreditar que o mercado de suplementos será impulsionado no próximo ano.

Novamente alguns fatores podem definir qual a intensidade da reação do mercado, tais como o comportamento dos preços da arroba, do bezerro e do leite no ano de 2010; a variação nos preços dos insumos para a fabricação dos suplementos, principalmente fosfato bicálcico, sal branco, farelos protéicos e fontes de energia; a relação entre os preços dos suplementos (principalmente protéicos e energéticos) com a arroba, o bezerro e o leite, além do comportamento do clima e do regime pluviométrico. Outro fator que deve definir o ânimo dos investimentos do pecuarista na atividade será a estabilidade econômica dos frigoríficos e laticínios.

Portanto, o pecuarista precisa colocar todas as contas na ponta do lápis e saber exatamente em que investir para que possa atingir o resultado que traçou para o seu negócio no próximo ano. Chegou a hora da pecuária de corte e leite começar a tratar a aquisição de seus insumos com o conceito de precisão, que leva em consideração a os diversos fatores que podem influenciar as exigências nutricionais dos bovinos. A mineralização deve ser adequada para cada categoria animal, época do ano e características específicas do local onde está a propriedade, como condições de pastagens e clima.

Só assim será possível usufruir da relação de troca favorável entre o custo do insumo e o valor da arroba do animal.

* Sergio Carlo Franco Morgulis é médico veterinário, diretor técnico da Minerthal Produtos Agropecuários, diretor do Sindirações e um dos idealizadores do Programa Minerthal de Suplementação de Precisão.

Posted in: Releases

Leave a Comment: (0) →