Minerthal

Parceria da Minerthal com Embrapa GO resulta em aumento de produtividade superior a 27% em animais participantes de Teste de Desempenho

A Minerthal Produtos Agropecuários estabeleceu no final de 2008 uma parceria com a Embrapa Arroz e Feijão para desenvolver a estratégia de suplementação mineral dos animais participantes do Teste de Desempenho de Touros Jovens a Pasto (TDTJ EMBRAPA/ABCZ – PASTO), parte do Programa de Integração Lavoura-Pecuária (PILP), na unidade em Santo Antônio do Goiás (GO).

A Prova de Ganho em Peso a Pasto Ano 11, correspondente a 2008/09, contou com participação de 107 animais da raça Nelore, oriundos de 32 criatórios de cinco estados do Brasil (GO, MT, MS, SP, TO e do DF). A prova teve duração de 294 dias, dentre os quais 70 dias de adaptação e 224 dias de prova efetiva. Durante todo o teste os animais foram mantidos em pastagens com sistema de integração Lavoura e Pecuária. A partir do mês de novembro de 2008, os animais foram suplementados com suplementos da Minerthal com Aditivo Promotor de Crescimento e Eficiência Alimentar (MINERTHAL ENGORDA MD), que é específico para a categoria animal (animais jovens) e época do ano (período das águas). “Os resultados foram surpreendentes, pois a média de ganho de peso diário dos animais classificados como elite e superior foi 767 g/animal, 21,9% superior a todos os animais envolvidos na mesma prova”, avalia o responsável técnico da Minerthal, Fernando Schalch Junior, que acompanha o trabalho na Embrapa.

O ganho em peso da prova realizada no ano de 2006/07, quando os animais foram suplementados com suplemento mineral convencional, foi de 494 g/dia. Com isso, prova-se que a suplementação desenvolvida pela Minerthal com o Engorda MD propiciou um ganho superior de 27,3%, se compararmos com o ganho de peso de 2006/07 com a prova 2008/09, no período das águas.

Ao final da prova 2008/09, os animais participaram do tradicional leilão anual no mês de setembro de 2009. A Minerthal realizou um trabalho de suplementação estratégica de preparação dos animais para o leilão e o resultado superou todas as expectativas. Os animais foram comercializados a uma média de preço de R$ 8.008,00, valor 54% superior em relação à edição de 2008. Se o resultado do leilão for avaliado pela relação de troca em arroba de boi gordo, os preços médios dos animais do leilão de 2008 equivaleram a 59@ e, em 2009, a relação foi de 117@. “Considerando que foi um ano de crise, com perspectivas negativas do mercado, fica evidente que o trabalho desenvolvido no teste de desempenho está ganhando cada vez mais reconhecimento”, destaca Fernando Schalch.

“Como coordenadores do TDTJ, sempre procuramos obter as melhores condições para que os animais expressem o seu potencial genético a pasto. Os resultados obtidos em 2009 e, principalmente, em 2010 estão nos surpreendendo positivamente. As condições nutricionais colaboraram e muito para os ganhos expressivos que os animais de alto mérito genético vêem apresentando”, ressalta o coordenador de pecuária do PILP – Embrapa, Cláudio Magnabosco.

“Além do ganho de peso, a diferença visual entre os animais com a suplementação recebida é palpável”, destaca o assistente de pesquisa da Embrapa, Helvio Santos Abbadia, que acompanha o Teste de Desempenho de Touros Jovens.

Prova em 2009/2010
A prova de ganho em peso a pasto Ano 12 (2009/2010) está em andamento e conta com a participação de 92 animais da raça Nelore, oriundos de 26 criatórios de quatro estados do Brasil (GO, BA, SP, TO e do DF).

Ao início da prova, que coincidiu com o período da seca, os animais foram suplementados com MINERSECA (Suplemento Mineral Protéico), que é específico para a categoria animal e época do ano. Neste período, a média de ganho em peso diário dos animais foi de 358 g/animal/dia. A partir do dia 14 de outubro, os animais foram submetidos à suplementação com MINERTHAL ENGORDA MD, e o consumo médio calculado até o dia 03 de fevereiro ficou em 89 g/animal/dia. Neste período os animais tiveram um desempenho surpreendente, pois o ganho médio foi 711 g/animal/dia, entre todos os animais da prova.

“A expectativa é que estes animais permaneçam com este ganho médio até a pesagem final que será em 31 de março. Se isso acontecer, os animais terão um peso médio ao final da prova de 410 kg de peso corporal. Se compararmos os resultados do ano anterior, o peso dos animais nesta data era de 373 kg, ou seja, os resultados do trabalho de suplementação de precisão elaborado exclusivamente pela equipe técnica da Minerthal estão contribuindo para um melhor desempenho dos animais, bem como a própria evolução genética dos animais da prova de um ano a outro. Com isso, para o ano de 2010, espera-se que para a preparação dos animais para o leilão não será necessária a utilização de semi-confinamento para que estes cheguem ao peso médio aproximado de 550 kg”, afirma Schalch.

O responsável técnico da Minerthal ressalta que o objetivo dessa parceria com a Embrapa é propiciar aos animais condições favoráveis para expressarem todo seu potencial genético, através de sistemas de suplementação avançados e sustentáveis, contribuindo para uma pecuária de ciclo curto a pasto. “Essa tecnologia utilizada na Embrapa está disponível a todos os pecuaristas do Brasil, proporcionando aumento de produtividade através de uma estratégia de suplementação moderna e lucrativa”, finaliza.

Mais informações: http://www.cnpaf.embrapa.br/

Attuale Comunicação – (11) 4022-6824
Mariele Previdi – mariele@attualecomunicacao.com.br
Rodrigo Tomba – rodrigo@attualecomunicacao.com.br
Cristiane de Freitas – cristiane@attualecomunicacao.com.br

Posted in: Releases

Leave a Comment: (0) →