Suplementação mineral é indispensável na terminação: saiba porque utilizá-la!

03/04/2019
suplementacao mineral-terminacao

A suplementação mineral é indispensável para pecuária de corte principalmente no período de terminação. Não é à toa, já que esta é a fase que antecede o abate, quando se busca atingir o peso máximo do animal. Entretanto, no período de águas para seca, a suplementação torna-se essencial como complemento para o ganho de peso dos bovinos em confinamento a pasto. Assim, o animal alcança peso ideal e adequado para ser comercializado no mercado.

Condições adversas costumam interferir no ganho de peso animal, por isso deve ser utilizada uma suplementação mineral eficiente. Chuvas instáveis e não suficientes, por exemplo, resultam em uma série de reações no pasto. Sendo assim, é iniciado um processo de reprodução e morte das folhas nesse período de seca. Outro reação nesta época é que, com dias cada vez mais curtos, a incidência de luz é reduzida e os recursos nutricionais das folhas vão parar nas sementes. Dessa maneira, o desempenho do animal tende a reduzir ao logo desse processo. Os déficits nutricionais são inevitáveis, bem como os contratempos ao dia a dia do produtor pecuário.

Por que a suplementação mineral é tão fundamental nesta fase?

O uso de alimentação suplementar é a opção mais eficaz para suprir os nutrientes limitantes. É dessa forma que ela favorece o aumento da eficiência do uso das pastagens, já que reduz consideravelmente o ciclo de produção de bovinos, bem como o custo do pasto. A utilização de um programa de produção eficiente é fundamental para eliminar fases de baixo desenvolvimento. Assim, além de obter ganhos com produtividade, minimiza efeitos decorrentes da sazonalidade, quantitativa e qualitativa das forragens.

É de conhecimento do produtor pecuário que o pasto é a forma mais prática e econômica para alimentação animal. Contudo, muitos bovinos acabam sendo abatidos de maneira tardia ao passarem duas secas de sua vida na propriedade. Por isso é essencial o uso de suplementação mineral proteico energética, visando o ganho de peso dos animais. A suplementação alimentar na pecuária deve ser utilizada de forma estratégica no sistema de terminação, mesmo no período da transição água/seca. Dessa maneira os bovinos são abatidos mais cedo, o que reduz a carga animal da propriedade no período seco.

Enfim, qual é o efeito no rebanho quando não é realizada a terminação?

Se chegou até aqui, já deve saber o quão é importante a suplementação no período de terminação. Mas vale a pena reforçar que a ausência dela pode trazer danos ao rebanho. Assim, a falta de suplementação, seja de forma energética e/ou principalmente proteica, causa um efeito conhecido como “boi sanfona”. Ou seja, o animal ganha peso no período de águas e perde na seca. Isso compromete de forma significativa o crescimento do boi, bem como o ciclo pecuário. Dessa maneira, ele acaba chegando ao peso de abate com idade superior a 4 anos e inadequado para o mercado.


« Voltar

Minerthal 2017 © | Todos os direitos reservados